Maison

6 coisas que estás a dever ao teu site

6 coisas que estás a dever ao teu site

Pensa no teu site ou blog, como uma extensão de ti e do teu negócio. É uma plataforma que corre ao teu ritmo, ao teu lado, que tanto te ultrapassa depois, como fica para trás. É de facto a tua presença online, que salta também para o mundo físico, quando alguém se lembra do teu site, quando alguém recomenda ou quando chegam até ti.

Por isso, temos também de zelar pela saúda da nossa plataforma digital. Não podemos estar à espera que ela nos acompanhe na nossa correria, quando também não tratamos da saúde dela.

Seja um loja online, um blog ou até um site de serviços e conteúdos, cada um deles tem objectivos específicos, cada página é desenhada com uma intenção.

#1 Faz uma visita ao teu site

Há quanto tempo não vês o teu site, página a pagina? Há quanto tempo não actualizas os conteúdos?

Os teus serviços estão descritos na perfeição? Um leitor que “cai” pela primeira vez no teu site consegue perceber o imediatamente o que fazes?

Esta na altura de fazer uma revisão de conteúdos, de todas as páginas. Quem sabe, não esteja na hora de fazer uma revisão na página onde falas sobre ti, e o teu projecto. Usa este ebook, para te ajudar a escrever uma página “sobre ti” que todos vão querer ler.

#2 A trabalhar para a engorda?

O teu site é um pequeno “mostrinho com a mania do fitness”, ele não gosta de coisas pesadas nem “papa” grandes ficheiros. Por isso, não lhe dês ficheiros de imagens pesados, ou em tamanhos exagerados. Pensa sempre que quando trabalhamos para online temos de ser o mais leve possível. Por isso quando inserires imagens no teu blog ou site, confirma sempre com quantos MB, idealmente KB, têm as fotos.

#3 O Google é amigo, e lê tudo

É verdade, o Google é um género de “inspector gadget” que passa no nosso site e tem todas as ferramentas e mais algumas para nos analisar. Ele lê tudo, tudo o que é texto, números, ficheiros, etc. Por isso, além de termos em atenção ao peso das imagens, temos de ter também em consideração o nome das imagens. Inserir uma fotografia no site, em que o próprio nome do ficheiro é foto1.jpg não adianta de muito.

#4 Faz mais links para outros

Ter links para outros sites relevantes com o nosso conteúdo, é uma óptima maneira de melhorar também a performance do nosso site, e mais ainda, de gerar tráfego. Assim, ao gerar trafego para outros, tornamo-nos também um site de valor e de referência.

#5 O Google Analytics fica triste se não o visitares

É verdade, e tu também vais ficar triste se não tiveres a ideia de como medir a ação que esta a acontecer no teu site, ou blog. O Google Analytics não é só um nome bonito e obrigatório que todos dizem que têm, mas não o visitam.

Tiveste um post partilhado, uma notícia sobre ti, uma ação com um influenciador e não tens ideia do resultado? Então, estás mesmo a dever uma visita aqui, ao amigo Google.

Cria uma rotina para fazeres uma visita ao Google.

#6 Links que dizem tudo

Os hiperlinks são super importantes, tudo tem links, são links que partilhamos, onde clicamos. Podemos dizer que tudo começa num link. Por isso quando tens uma página no teu site, ou um artigo no blog, confirma como está o teu link. Ele deve ter o nome correcto do que a página trata, deve estar relacionado com o assunto, e passar logo a ideia do que se trata. Lembra-te que o Google lê tudo, e que os links são também um factor de optimização do nosso site.

Links como por exemplo: www.lancecollectibe.com/artigo/abril não traz qualquer valor ao meu link

Deverá ser algo como: www.lancecollectibe.com/dicas-para-optimizar-site

 

Este post, é um SEO mascarado 😉 com dicas de como podes optimizar melhor o teu site.

E se, já foste rever algumas coisas no teu site, diz-me o que andaste a mudar.

Até já,
Filipa

Comentários

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.